A economia brasileira toma fôlego nesse segundo semestre, e embora o PIB do agronegócio tenha ficado estável, o campo se mantém em forte ritmo de crescimento.

O setor responde por 6,2 % do Produto Interno Bruto no acumulado dos últimos quatro trimestres, segundo dados do IBGE divulgados no dia 1º de setembro.

Mesmo que os resultados expressivos chamem atenção, o agronegócio brasileiro tem como principal desafio seguir crescendo de forma sustentável. Para tanto, é preciso mais que o clima favorável.

Dados de pesquisa recente realizada pelo Sebrae Agronegócios revelam que é incipiente o uso da tecnologia no campo.

Cerca de 52,9% dos empresários rurais que admitiram não utilizar a conexão de internet móvel dizem que não o fazem, predominantemente, porque não há provedor ou sinal em sua região.

Quanto ao tema da gestão, apenas 0,7% dos produtores fazem isso por meio de ferramentas digitais de gestão. Entretanto, a maior parte deles informou que utilizaria esses recursos para gerenciar suas empresas se eles estivessem disponíveis.

A importância do uso de um ERP na fazenda

A SAP, empresa alemã líder mundial no mercado de softwares de gestão integrada, os ERP (Entreprise Resource Planning), desenvolveu para seu sistema SAP Business One para o agronegócio, possibilitando o controle de setores como sementes, armazenamento, rações, grãos, rebanhos, fertilizantes e receituário agronômico.

E foi depois de muita busca que a Agropecuária Barra Bonita, de Mirassol D’Oeste, no Mato Grosso, escolheu o SAP Business One para atender sua demanda, contando com o apoio da ALFA Sistemas, de São Paulo, para a implementação do sistema.

“A escolha do sistema da SAP foi motivada pela forte atenção aos processos estabelecidos da fazenda, de usabilidade e funcionalidade. Precisávamos de algo viável e rápido”, pontua o gerente de planejamento da Barra Bonita, Adenilson da Costa.

Com 25 anos no mercado, a fazenda com 90 mil cabeças de gado ainda operava toda sua parte administrativa em planilhas de Excel.

“Agora estamos informatizados. E o resultado esperado é automatizar e integrar todos os setores da empresa”, avalia.

O agronegócio se desenvolveu e está cada vez mais automatizado e informatizado.

“Para quem deseja prosperar no segmento será necessário, cada vez mais, adotar tecnologias que trazem insights e informações relevantes para a tomada de decisão”, afirma Fábio Rogério, diretor comercial da Alfa Sistemas.

Saber sobre que cultura será plantada em uma determinada área ou em que momento é melhor realizar o manejo do gado é ressaltado pelo especialista em softwares.

“O SAP Business One tem ajudado vários agricultores e pecuaristas a desenvolverem seus negócios através da tecnologia eficiente”, pontua Fábio.

Os softwares de gestão agrícolas são responsáveis pelo registro de dados operacionais e financeiros de todos os processos executados para administrar uma fazenda.

Eles consolidam dados precisos que facilitam o trabalho no campo. Exemplos:

Entre em contato com a ALFA e saiba como podemos ajudar sua empresa a conseguir os melhores resultados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *